Proposta de reestruturação das FAP

Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor pr3t3nd3rPT » 09 jan 2013, 03:40

Apresento então a minha proposta de reestruturação das FAP, alguns de vós já sabem que ando a trabalhar nisto à uns tempos, divulgo agora a todos, a minha visão e gostava que todos dessem a sua opinião o mais especifica possível para que de todos possamos fazer um artigo de proposta ao governo pelo P.O.R.R.A.D.A. assim que possível, de modo a tornar novamente as FAP na Força de elite de Portugal e uma poderosa arma de negociação.


Ministério da Solidariedade

O que é/Intuito:
O Ministério da Solidariedade, é um ministério com o intuito de ajudar os novatos a cumprir a DO.
No canal deste ministério é dada comida e armas para completarem a DO até um limite de 50FF.
Esta ajuda é dada a qualquer novato, independentemente da sua unidade militar.

Organização do Ministério da Solidariedade:
O ministério está organizado de forma simples, com 1 ministro e vários distribuidores.
A comida e armas distribuídas pelo ministério provêem do Governo, que no inicio do mandato são orçamentadas.
Os gastos do ministério são um pouco irregulares, apesar de se notar uma notória baixa de gastos, no Mês de Dezembro gastou cerca de 5K, que penso não chegar a 1 dia de impostos.

Problema:
Ajuda a todos os novatos independentemente da unidade militar.

Alterações a realizar:
O Ministério da Solidariedade deve ser mudado ou acabar definitivamente!

A ajuda deve apenas ser dada a militares das FAP, isto porque os fundos são estatais, e todas as outras unidades militares são autónomas, logo não faz qualquer sentido gastar dinheiros do governo nessas mesmas unidades militares, além de que essas mesmas unidades militares, têm na sua maioria programas de ajuda a novatos.

Este ministério passaria então a ser da responsabilidade das FAP, e o seu orçamento incluído no orçamento das FAP.

-Como ajudar:
A ajuda passaria por dar 0,19g aos D1, esta ajuda seria dada mediante a assiduidade dos mesmo. Criava-se requisitos para que estes pudessem receber o gold, desde impor alguma assiduidade nos canais das FAP, ou até mesmo impor que não ganhassem mais que “x” XP por semana.
Semanalmente podia-se fazer missões para D1, para que eles não desmoralizassem, e conseguir acompanhar o crescimento dos mesmos de forma geral bem como verificar a sua adesão e interesse pelo jogo.
Criar mecanismos para manter os novatos no jogo, mesmo sem lutar, explicações do porquê de ser melhor não lutar na primeira divisão e mecânica do jogo, do género de acções de formação.
Aos D2, poderia continuar-se a doar os 0,19g com as mesmas imposições, e mais armas e comida para a DO, visto que é mais demorada a subida para a D3, e assim já iriam começar a receber as E.B. e bazucas tão importantes nesta divisão.


Criar um plano de treinos por patamares, tipo metas a atingir. Por exemplo, se ao fim de uma semana não atingissem uma força expectável incorreriam em penalizações, de forma a premiar e incentivar a assiduidade e empenho de cada um.


Claro que todas estas medidas padecem de uma analise financeira de um plano de treinos a fim de ter uma noção dos seus custos.


Este mês o governo não vai abrir este ministério.

FA Portuguesas

Introdução:
As FAP, são a força militar do governo, actualmente são no meu ver mais uma unidade militar que em vez de vender dano recebe fundos do estado e que não mais regalias que qualquer outra unidade militar privada. Sendo a força do estado, esta unidade devia estar na linha da frente das unidades militares Portuguesas, devia ser a unidade mais desejada de todas as unidades militares Portuguesas, tanto por oferecer as melhores condições de luta, diga-se armas, bem como ter a melhor recepção a novatos e que melhor formação dá a estes, principalmente a nível militar.


Actual organização:
Imagem


Problemas:
Actualmente o que é produzido pelas FAP tanto é usado pelos militares das FAP como distribuído a mercenários, este ponto é totalmente errado, o que é produzido pelos militares que trabalham nas empresas das FAP, deve apenas ser consumido pelas FAP, a venda de comida devido ao excesso de produção, deve ser utilizado para melhorar a qualidade de armas na distribuição aos militares FAP única e exclusivamente.
Os armazéns FAP devem apenas albergar itens das FAP que recebem dos seus gestores, tendo o governo de ter os seus próprios armazéns, a fim de facilitar a tarefa à equipa das FAP.

Proposta de estrutura das FAP
Imagem


Governo
O governo neste modelo proposto, teria apenas de indicar as DO e definição de horários.

Concelho de comandantes
O conselho de comandantes seria constituído pelos comandantes das FAP e pelos membros do governo por este definidos. Este concelho serviria para definir as missões, horários de distribuições entre outros ajustes que cada governo tivesse intenção de fazer.

FA Portuguesas

O 1º comandante tem como funções gerir toda a unidade militar e sua estrutura, colocar a DO na unidade militar de acordo com ordens do governo. Assegurar que os regimentos estão organizados e completos, afim de diminuir o número de regimentos e consequentemente o número de capitães.


O 2º comandante tem as mesmas funções que o 1º comandante na ausência deste. Efectuar a limpeza dos membros mortos na unidade militar.


Os capitães devem ser membros activos e têm como função colocar a DO caso um dos Comandantes não a tenha actualizado e sempre mediante ordens do governo. Deve manter sempre o seu regimento cheio, ou seja, caso um membro seja removido por ter morrido, deve ir convidar e falar com um membro do regimento de número mais elevado afim de preencher a vaga, se este for o regimento de número mais elevado nada deve fazer.
Para concorrer a capitão, estes devem mostrar intenção de o ser aos comandantes, e os comandantes é que devem estipular os capitães de cada regimento, e dar indicações por meio de shout e/ou artigo para votar nos capitães seleccionados para cada regimento.
Devem ainda se possível ter em atenção o eGov afim de verificar a actividade do regimento que são capitães.

Os Regimentos de Elite seriam exclusivos para a divisão 4, todos os membros que neles quisessem entrar deveriam ter um hit Q7 superior a um valor a ser acordado. Além deste requisito, devem ainda ser jogadores activos, que lutassem diariamente, e que não tenham já dado provas de que desrespeitam as ordens do governo na escolha das batalhas em que devem lutar, bem como saber não fazer overkills. Todos os membros destes Regimentos devem igualmente trabalhar numa empresa FAP, não podendo estar nestes regimentos membros que não trabalhem numa empresa FAP. Estes militares terão um avatar diferente a fim de ser distintivo este estatuto.


Os membros, devem lutar nas DO. Excepto os membros dos regimentos D1 que devem apenas lutar quando houver missões especiais para eles.

Logística

A logística terá que ser autónoma e fazer cumprir as ordens do concelho de comandantes, sem que estes tenham de intervir e estar constantemente a dar instruções aos Gestores/Distribuidores.

Estrutura da Logística e R.H.
Imagem


O Responsável pela logística deve estar atento aos stocks de cada armazém, verificar se todas as transferências são devidamente apontadas, verificar as assiduidades dos empregados através dos SS tirados pelos gestores semanalmente e comunicar com o responsável pelas inscrições de vagas para mais empregados.
Deve também tentar colocar os gestores em países com bónus 100% (ou o melhor possível) para a respectiva fábrica que tem emprestada as FAP e enviar os fundos necessários à compra das raws e pagamentos de empregados aos gestores.
É também responsável por fazer as transferências de gold para o/os distribuidores da Secção de Apoio(outro nome possível seria Unidade de Apoio e Instrução Militar) para que estes o encaminhem para os novatos de direito.


Os gestores têm como função a compra de raws e produção de armas/comida das suas fábricas e o respectivo envio das mesmas para os armazéns das FAP. Devem também apontar os dias de trabalho de cada empregado semanalmente através de SS, para o Responsável pela logística saber os mais activos e que trabalham diariamente para os colocar, caso seja necessário, em empresas de carácter mais importante.

Os distribuidores para os regimentos Elite enviarão os itens apenas verificando o pedido num formulário, não havendo necessidade dos membros nestes regimentos irem ao IRC fazer o pedido de supplies.
Os restantes distribuidores da logística devem abrir a distribuição no #fisgas, bastando confirmar a batalha em que devem indicar para lutar com o Governo.

Os distribuidores da secção de apoio ou Unidade de Apoio e Instrução Militar devem "abrir distribuição" em horário fixo para que os novatos saibam de antemão quando a distribuição estará aberta para a entrega de gold. Esta apoio deve ser confirmado com screenshots para que se tenha a garantia de que o gold é gasto no treino.
O apoio seria dado mediante requisição no IRC e dado aos que cumprissem os requisitos(a estipular).
Ainda disponibilizando tutoriais, novos ou já existentes, criando ligações entre novatos e veteranos.



Recursos Humanos
O responsável pelas inscrições deve processar toda a informação dos novos membros, confirmando a legitimidade de serem aceites para trabalhar numa empresa das FAP, e encaminhar o novo membro para o seu emprego. Este cargo deve estar em contacto com o responsável da logística para que tenham a menos perca de dias de trabalho possível.

O responsável pelos avatares, deve verificar os pedidos de avatar dos novos membros, bem como a actualização de avatares devido a subida de divisão de actuais membros, confirmando sempre os dados dos mesmo antes de enviar o novo avatar. Bem como atribuir o avatar especial as militares dos regimentos de Elite.


Sem mais por agora,
pr3t3nd3rPT :good:
Editado pela última vez por pr3t3nd3rPT em 14 jan 2013, 17:00, num total de 2 vezes.
Avatar do Utilizador
pr3t3nd3rPT
Alexander the Great
 
Mensagens: 137
Registado: 25 set 2012, 19:26
Localização: Riachos
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor Thomas Vasconcelos » 09 jan 2013, 04:07

A meu ver é uma boa ideia, bem estruturada mas um bocado generalizado de mais, parece-me dificil de por em prática não só de arranjar tempo como pessoas para todos esses cargos e tarefas, quanto ao organograma em geral acho que há que simplicar a gestão não complica-la, porque o grande problema do MoD sempre foi arranjar pessoas dispostas a voluntariamente trabalhar.

Gosto da ideia que separa a gestão das FAP do estado deixando apenas ao estado a necessidade de pra onde apontar o exercito, isto iria ser bastante positivo pois durante períodos transitórios de governo não haveria tantos problemas e as FAP conseguiriam manter-se 24/7 em activo.
Imagem
Avatar do Utilizador
Thomas Vasconcelos
Napoleon
 
Mensagens: 532
Registado: 25 jun 2011, 01:38
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor moraldogma » 09 jan 2013, 19:31

Boa ideia:)

E importante centralizar processos e operacionalidade que vao afinar e melhorar o regular e incrementar dos niveis de confianca apoio/soldados.

As fap necessitam tb de uma massa de dano que possa actuar com relevancia nas batalhas.
O jogo anda por baixo e ha mto spam e poucas batalhas a chamar por coordenacao. Ainda assim, teremos a tal massa de dano para actuar especificamente e caso algum platomilagre melhore o jogo nas battles, o futuro estara assegurado.
Imagem
Avatar do Utilizador
moraldogma
Alexander the Great
 
Mensagens: 102
Registado: 02 jun 2011, 15:04
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor andrezinho14 » 10 jan 2013, 16:58

Gosto bastante e subscrevo inteiramente esta parte
"Actualmente o que é produzido pelas FAP tanto é usado pelos militares das FAP como distribuído a mercenários, este ponto na minha opinião é totalmente errado, o que é produzido pelos militares que trabalham nas empresas das FAP, deve apenas ser consumido por eles"

A grande questão é a do costume. Pessoas que se queiram envolver e tenham disponibilidade e vontade para tal.
É preciso aumentar o numero de FAP's mas também(e talvez principalmente) aumentar o numero de FAPs ativos.
Uma outra questão é que ao se aumentar o numero de membros, através de umas FAPs mais atrativas, vai ser preciso aumentar e muito (provavelmente) o numero de empresas FAPs. Há que atrair jogadores com empresas e quem sabe arranjar algum "bonus", visto que essas pessoas, para além de emprestarem as empresas, também tem de gastar algum do seu tempo a preencher dados dos seus funcionários.
Algo que se pode focar é em como, se possivel, simplificar este processo. Aqui atrasado li um comentário(não me lembro ao certo de quem): "Não faz sentido perder-se/não se ter mais empresas FAP por causa da burocracia que envolve as empresas e os seus processos de registo" algo dentro deste género


E parabéns por esse trabalho de pesquisa e desenvolvimento :good:
Imagem
andrezinho14
Caesar
 
Mensagens: 238
Registado: 30 dez 2011, 03:35
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor khaloun » 10 jan 2013, 19:23

pr3t3nd3rPT Escreveu:Ministério da Solidariedade

Alterações a realizar:
O Ministério da Solidariedade deve ser mudado ou acabar definitivamente!

Optaria pela sua extinção definitiva e pela criação da "Unidade de Instrução militar", totalmente integrada nas FAP, gerida pelas FAP, dedicada às FAP e exclusivamente para as FAP.
Com a função de procurar os novos que chegam ao jogo, acompanhá-los, ajudá-los e integrá-los na comunidade.
Disponibilizando tutoriais, novos ou já existentes, criando ligações entre novatos e veteranos, etc.

pr3t3nd3rPT Escreveu:A ajuda deve apenas ser dada a militares das FAP, isto porque os fundos são estatais, e todas as outras unidades militares são autónomas, logo não faz qualquer sentido gastar dinheiros do governo nessas mesmas unidades militares, além de que essas mesmas unidades militares, têm na sua maioria programas de ajuda a novatos.
...
Actualmente o que é produzido pelas FAP tanto é usado pelos militares das FAP como distribuído a mercenários, este ponto na minha opinião é totalmente errado, o que é produzido pelos militares que trabalham nas empresas das FAP, deve apenas ser consumido por eles, a venda de comida devido ao excesso de produção, deve ser utilizado para melhorar a qualidade de armas na distribuição aos militares FAP única e exclusivamente.

Completamente de acordo.
E tal como no meu comentário acima.
Pessoalmente acho que é uma expressão de imaturidade a quantidade de MUs sem qualquer sentido apenas para alimentar egos. Outros usam-nas para alcançar os seus pequenos objectivos de poder e controlo politico.
É uma fonte de dispersão de coordenação, de danos e de recursos.
Mas cada um é livre de jogar o jogo que o "realiza"
Bom o ponto é que todos são livres de criar a sua MU, mas não às custas do estado ou das FAP.
Porque é isso que acontece na realidade.
Cada CC ou arma doada a uma MU privada, é 1 CC ou arma que se tirou a um jogador FAP.
Mais grave se esse CC ou arma foi usada para armar soldados retirados às FAP.
Vejo isto como uma das razões do declinio das FAP e da saída de soldados para os privados.
Para mim, as MUs privadas têm o estatuto de mercenários e devem de ser tratadas como tal.

Mesmo no dano coordenado, primeiro as FAP, depois os outros.

Basicamente procurar os meios para Agregar-Treinar-Coordenar
Atrair jogadores às FAP, treiná-los e inseri-los na estrutura.
Optimizar e coordenar a estrutura para o máximo dano ao menor custo.
Tornar esse dano visível a aliados e inimigos

-

Em relação à estrutura, quanto mais simples melhor.
E se possível, criar substitutos nas várias funções de topo.
Isto é um jogo e tem de continuar como tal.
Todos nós temos as nossas ocupações de trabalho, escola etc.
Não se pode exigir às pessoas que transformem o jogo num segundo emprego.
Não é justo para elas nem para nós.
Para elas porque não se vão divertir e poderão ver o jogo como uma obrigação e para nós porque podemos não nos sentir tão apoiados como gostariamos.
Pelo que o melhor seria um plano de redundancia e rotação.

Também na estrutura, não vejo com bons olhos a intromissão do governo na estrutura de comando.
Os CPs passam e as FAP ficam.
A estrutura deve de representar isso, em especial com os candidatos a CP que vamos tendo.
O governo indica as prioridades e linhas gerais de actuação, transfere as verbas e analisa os relatórios.
Todo o resto será da competência das FAP.
Mesmo na RL, o presidente é o comandante apenas figurativo, no sentido de autorizar actuações gerais no caso de conflitos. Não se intromete na hierarquia, nos treinos, na relação interna entre soldados, na disciplina, etc.
O caso actual foi para mim uma surpresa, porque não me lembro de o ter visto no programa, e é um mau precedente futuro. Em especial quando os CPs não costumam ser oriundos das FAP.
Acho até suspeito se um não-FAP me diz que vai fazer isto e isto para melhorar as FAP.
Se não desmantelaram primeiro as suas MUs, como podem ajudar genuinamente as FAP?
Imagem
Nothing is true everything is permitted.
Si vis pacem, para bellum.
Aut inveniam viam aut faciam.
Avatar do Utilizador
khaloun
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1503
Registado: 18 nov 2012, 16:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor pr3t3nd3rPT » 11 jan 2013, 00:59

Foi editado o tópico inicial com as seguintes alterações tendo em conta os comentários já feitos.

Onde estava:
Problemas:
Actualmente o que é produzido pelas FAP tanto é usado pelos militares das FAP como distribuído a mercenários, este ponto na minha opinião é totalmente errado, o que é produzido pelos militares que trabalham nas empresas das FAP, deve apenas ser consumido por eles, a venda de comida devido ao excesso de produção, deve ser utilizado para melhorar a qualidade de armas na distribuição aos militares FAP única e exclusivamente.
Os armazéns FAP devem apenas albergar itens das FAP que recebem dos seus gestores.


Passou a ser:
Problemas:
Actualmente o que é produzido pelas FAP tanto é usado pelos militares das FAP como distribuído a mercenários, este ponto é totalmente errado, o que é produzido pelos militares que trabalham nas empresas das FAP, deve apenas ser consumido pelas FAP, a venda de comida devido ao excesso de produção, deve ser utilizado para melhorar a qualidade de armas na distribuição aos militares FAP única e exclusivamente.
Os armazéns FAP devem apenas albergar itens das FAP que recebem dos seus gestores, tendo o governo de ter os seus pŕoprios armazéns, a fim de facilitar a tarefa à equipa das FAP.


Onde estava:
O Responsável pela logística deve estar atento aos stocks de cada armazém, verificar se todas as transferências são devidamente apontadas, verificar as assiduidades dos empregados e comunicar com o responsável pelas inscrições de vagas para mais empregados.
Deve também tentar colocar os gestores em países com bónus 100% (ou o melhor possível) para a respectiva fabrica que tem emprestada as FAP e enviar os fundos necessários a compra das raws e pagamentos de empregados aos gestores.
É também responsável por fazer as transferências de gold para o/os distribuidores da Secção de Apoio para que estes o encaminhem para os novatos.


Passou a ser:
O Responsável pela logística deve estar atento aos stocks de cada armazém, verificar se todas as transferências são devidamente apontadas, verificar as assiduidades dos empregados através dos SS tirados pelos gestores semanalmente e comunicar com o responsável pelas inscrições de vagas para mais empregados.
Deve também tentar colocar os gestores em países com bónus 100% (ou o melhor possível) para a respectiva fábrica que tem emprestada as FAP e enviar os fundos necessários à compra das raws e pagamentos de empregados aos gestores.
É também responsável por fazer as transferências de gold para o/os distribuidores da Secção de Apoio(outro nome possivel seria Unidade de Apoio e Instrução Militar) para que estes o encaminhem para os novatos de direito.


Onde estava:
Os gestores têm como função a compra de raws e produção de armas/comida das suas fábricas e o respectivo envio das mesmas para os armazéns das FAP. Devem também apontar os dias de trabalho de cada empregado (semanalmente) para se saber os mais activos e que trabalham diariamente para os colocar, caso seja necessário, em empresas de carácter mais importante.


Passou a ser:
Os gestores têm como função a compra de raws e produção de armas/comida das suas fábricas e o respectivo envio das mesmas para os armazéns das FAP. Devem também apontar os dias de trabalho de cada empregado semanalmente através de SS, para o Responsável pela logistica saber os mais activos e que trabalham diariamente para os colocar, caso seja necessário, em empresas de carácter mais importante.


Onde estava:
Os distribuidores para os regimentos Elite enviarão os itens apenas verificando o pedido num formulário, não havendo necessidade dos membros nesta unidade militar irem ao IRC fazer o pedido de supplies (Explicado a frente o porquê).
Os restantes distribuidores da logística devem abrir a distribuição no #fisgas, bastando confirmar a batalha em que devem indicar para lutar com o Governo.


Passou a ser:
Os distribuidores para os regimentos Elite enviarão os itens apenas verificando o pedido num formulário, não havendo necessidade dos membros nestes regimentos irem ao IRC fazer o pedido de supplies.
Os restantes distribuidores da logística devem abrir a distribuição no #fisgas, bastando confirmar a batalha em que devem indicar para lutar com o Governo.


Onde estava:
Os distribuidores da secção de apoio devem "abrir distribuição" em horário fixo para que os novatos saibam de antemão quando a distribuição estará aberta para a entrega de gold. Esta apoio deve ser confirmado com screenshots para que se tenha a garantia de que o gold é gasto no treino.
O apoio seria dado mediante requisição no IRC e dado aos que cumprissem os requisitos(a estipular).


Passou a ser:
Os distribuidores da secção de apoio ou Unidade de Apoio e Instrução Militar devem "abrir distribuição" em horário fixo para que os novatos saibam de antemão quando a distribuição estará aberta para a entrega de gold. Esta apoio deve ser confirmado com screenshots para que se tenha a garantia de que o gold é gasto no treino.
O apoio seria dado mediante requisição no IRC e dado aos que cumprissem os requisitos(a estipular).
Ainda disponibilizando tutoriais, novos ou já existentes, criando ligações entre novatos e veteranos.


Foi ainda acrescentado, devido a lapso meu não ter sido colocado logo de inicio para explicar os regimentos de elite:
Os Regimentos de Elite seriam exclusivos para a divisão 4, todos os membros que neles quisessem entrar deveriam ter um hit Q7 superior a um valor a ser acordado. Além deste requisito, devem ainda ser jogadores activos, que lutassem diariamente, e que não tenham já dado provas de que desrespeitam as ordens do governo na escolha das batalhas em que devem lutar, bem como saber não fazer overkills. Todos os membros destes Regimentos devem igualmente trabalhar numa empresa FAP, não podendo estar nestes regimentos membros que não trabalhem numa empresa FAP. Estes militares terão um avatar diferente a fim de ser distintivo este estatuto.


Os bónus dados aos gestores das FAP podiam ser de cerca de 150pte's por empresa por semana, o que actualmente daria cerca de 9k pte's por mês para todos. Penso que talvez atraísse mais alguns gestores afim de aumentarmos o numero de empresas.

Sem mais por agora, espero mais contributos vossos para que todos apresentemos um bom projecto!
Malta vamos ver se o artigo sai este fim de semana :good:
Avatar do Utilizador
pr3t3nd3rPT
Alexander the Great
 
Mensagens: 137
Registado: 25 set 2012, 19:26
Localização: Riachos
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 14 jan 2013, 14:40

Desculpa o atraso, vou respondendo por partes, senão nunca mais respondo...

MS

Como já tinha referido noutros tópicos e conversas, acho que só deveria existir para situações de emergência, do género dar comida para poderem trabalhar e treinar, ou então para poderem fazer a DO, isto porque as FAP produzem muita comida cujo retorno não é nada de especial, por isso mais valia escoar desta maneira.

Quanto ao gold dado a D1 e D2 das FAP, acho que se deveria efectivamente apostar num plano de treinos, ao invés da actual distribuição de armas e comida.
Estabelecer patamares do tipo meta, enviando o gold diariamente para o treino (como acontecia no apadrinhe um FAPinho), caso ao fim de uma semana os soldados não atingissem a meta de força expectável, incorreriam em penalizações, isto de forma a premiar e incentivar a assiduidade e o empenho de cada um.
O jotapelx acho que já tinha feito algumas contas para se estimar o custo actual das distribuições para estas forças e converter isso em gold, um para treino e talvez outra parte para apoio no upgrade dos centros de treino.

Resumindo, é preciso elaborar um estudo para a elaboração de um plano de treinos com metas semanais e o seu custo respectivo.
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor pr3t3nd3rPT » 14 jan 2013, 17:04

Post inicial alterado.

Onde estava:
-Como ajudar:
A ajuda passaria por dar 0,19g aos D1, esta ajuda seria dada mediante a assiduidade dos mesmo. Criava-se requisitos para que estes pudessem receber o gold, desde impor alguma assiduidade nos canais das FAP, ou até mesmo impor que não ganhassem mais que “x” XP por semana.
Semanalmente podia-se fazer missões para D1, para que eles não desmoralizassem, e conseguir acompanhar o crescimento dos mesmos de forma geral.
Criar mecanismos para manter os novatos no jogo, mesmo sem lutar, explicações do porquê de ser melhor não lutar na primeira divisão e mecânica do jogo, do género de acções de formação.
Aos D2, poderia continuar-se a doar os 0,19g com as mesmas imposições, e mais armas e comida para a DO, visto que é mais demorada a subida para a D3, e assim já iriam começar a receber as E.B. e bazucas tão importantes nesta divisão.

Claro que todas estas medidas padecem de uma analise financeira, mas mesmo que encareça um pouco o orçamento, não será algo muito extraordinário.


Passou a estar:
-Como ajudar:
A ajuda passaria por dar 0,19g aos D1, esta ajuda seria dada mediante a assiduidade dos mesmo. Criava-se requisitos para que estes pudessem receber o gold, desde impor alguma assiduidade nos canais das FAP, ou até mesmo impor que não ganhassem mais que “x” XP por semana.
Semanalmente podia-se fazer missões para D1, para que eles não desmoralizassem, e conseguir acompanhar o crescimento dos mesmos de forma geral bem como verificar a sua adesão e interesse pelo jogo.
Criar mecanismos para manter os novatos no jogo, mesmo sem lutar, explicações do porquê de ser melhor não lutar na primeira divisão e mecânica do jogo, do género de acções de formação.
Aos D2, poderia continuar-se a doar os 0,19g com as mesmas imposições, e mais armas e comida para a DO, visto que é mais demorada a subida para a D3, e assim já iriam começar a receber as E.B. e bazucas tão importantes nesta divisão.


Criar um plano de treinos por patamares, tipo metas a atingir. Por exemplo, se ao fim de uma semana não atingissem uma força expectável incorreriam em penalizações, de forma a premiar e incentivar a assiduidade e empenho de cada um.


Claro que todas estas medidas padecem de uma analise financeira de um plano de treinos a fim de ter uma noção dos seus custos.


De momento não tenho muito tempo para elaborar um plano de treinos com os respectivos custos afim de expor uma ideia da possível despesa que isto acarretaria... Se alguém tiver pode enviar :D

Entretanto se mais nenhuma resposta for dada aqui no tópico para alteração do post inicial, irei publica-lo hoje ao fim da tarde em artigo. também daí virão muitas novas opiniões... Pelo menos assim espero...
Avatar do Utilizador
pr3t3nd3rPT
Alexander the Great
 
Mensagens: 137
Registado: 25 set 2012, 19:26
Localização: Riachos
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 15 jan 2013, 20:00

FAP

Governo
O governo neste modelo proposto, teria apenas de indicar as DO e definição de horários.


Não deverá ser apenas isto, mas também todas as ordens e estratégia a nível militar, por forma a organizar e alocar os membros e logística necessária para as missões.
Basicamente as FAP devem estar sempre prontas a qualquer momento intervir num qualquer cenário de batalha, para isso os seus comandante e equipa devem estar actualizados com os desenvolvimentos e estratégias em curso, de modo a prepararem os seus soldados e as armas e comidas necessários para prontamente intervir.

O 1º comandante tem como funções gerir toda a unidade militar e sua estrutura, colocar a DO na unidade militar de acordo com ordens do governo. Assegurar que os regimentos estão organizados e completos, afim de diminuir o número de regimentos e consequentemente o número de capitães.


E ainda as restantes funções na estrutura actual.

Os capitães devem ser membros activos e têm como função colocar a DO caso um dos Comandantes não a tenha actualizado e sempre mediante ordens do governo. Deve manter sempre o seu regimento cheio, ou seja, caso um membro seja removido por ter morrido, deve ir convidar e falar com um membro do regimento de número mais elevado afim de preencher a vaga, se este for o regimento de número mais elevado nada deve fazer.


Existe uma organização definida, relativamente aos regimentos e que sendo funcional e estando actualizada tem toda a lógica de acontecer, que é a correspondência do regimento à divisão, tanto para oficiais como para não oficiais.
O que os capitães podem fazer, é detectando casos de soldados mal colocados, alertarem o comandante para proceder ao convite e assim mudar o soldado para o regimento correcto.
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor khaloun » 09 fev 2013, 01:12

alguem tem os logs das sessões do smash3r?
Imagem
Nothing is true everything is permitted.
Si vis pacem, para bellum.
Aut inveniam viam aut faciam.
Avatar do Utilizador
khaloun
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1503
Registado: 18 nov 2012, 16:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 09 fev 2013, 19:42

khaloun Escreveu:alguem tem os logs das sessões do smash3r?


eu não
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor khaloun » 09 fev 2013, 21:40

Gostava de saber o que foi debatido.
Não pude estar presente porque quando soube das sessões já tinham acontecido.
Aliás, apenas soube de uma, mas leio referências no plural, pelo que deve de ter havido várias.

O smash3r no próprio dia disse que ia publicar os logs mas até agora nada.
Imagem
Nothing is true everything is permitted.
Si vis pacem, para bellum.
Aut inveniam viam aut faciam.
Avatar do Utilizador
khaloun
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1503
Registado: 18 nov 2012, 16:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 10 fev 2013, 11:59

khaloun Escreveu:Gostava de saber o que foi debatido.
Não pude estar presente porque quando soube das sessões já tinham acontecido.
Aliás, apenas soube de uma, mas leio referências no plural, pelo que deve de ter havido várias.

O smash3r no próprio dia disse que ia publicar os logs mas até agora nada.


Envia-lhe pm, talvez ele tenha, eu não estive presente.
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor khaloun » 10 fev 2013, 12:59

PretenderHT Escreveu:
Envia-lhe pm, talvez ele tenha, eu não estive presente.


Já tinha feito isso, mas não tive resposta.
Tenho de tentar no shout das FAP.
Imagem
Nothing is true everything is permitted.
Si vis pacem, para bellum.
Aut inveniam viam aut faciam.
Avatar do Utilizador
khaloun
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1503
Registado: 18 nov 2012, 16:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor Dr. Dog » 11 fev 2013, 00:49

Boas

Eu estive presente em parte da sessão.

O Smasher apresentou uma estrutura alternativa, que depois até publicou no jornal.


Mas o que foi mais debatido foi a aplicação de um script utilizado pelos polacos para a distribuição de dano e coordenaçao das lutas, baseado no pulse.

A Marta Li esclareceu o seu uso, e pareceu-nos algo muito eficiente.

Posso explicar em conversa no chat do partido.

cuumptos
Imagem
Avatar do Utilizador
Dr. Dog
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1665
Registado: 27 jan 2013, 22:49
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor khaloun » 11 fev 2013, 12:52

Estou interessado em saber mais sobre essa ferramenta, apesar de isso não ser uma solução para o problema actual que as FAP enfrentam.
Podemos marcar uma renião no chat na próxima quarta-feira?

segunda e terça tenho aulas
Imagem
Nothing is true everything is permitted.
Si vis pacem, para bellum.
Aut inveniam viam aut faciam.
Avatar do Utilizador
khaloun
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1503
Registado: 18 nov 2012, 16:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor Dr. Dog » 15 fev 2013, 13:45

Boas Khaloun, estou on depois das 19 horas, hoje até ao final da noite se puderes e quiseres aparecer.

cumptos
Imagem
Avatar do Utilizador
Dr. Dog
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1665
Registado: 27 jan 2013, 22:49
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 24 jun 2013, 01:40

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados e cidadãos de ePortugal,

Muitos de vós já se devem ter apercebido e estarão conscientes de que o exército nacional, as FAP - Forças Armadas Portuguesas, desde há uns meses para cá, tem estado praticamente inactiva, sem qualquer tipo de acção militar coordenada e distribuição associada.
Isto deveu-se em grande parte à frágil situação financeira em que o país se encontrou após largos meses de luta constante contra o wipe e domínio espanhol, que delapidaram gravemente os fundos disponíveis no tesouro nacional.

Face a isto a aos sucessivos governos que sempre ignoraram as funções e potencial diplomático das FAP, foi implementado nas FAP uma equipa de gestão composta por membros da mesma, por forma a garantir estabilidade organizacional interna e uma fluidez de processos e logística que não fosse influenciada pela dança mensal de governos com as suas exigências e ideias sempre divergente relativamente às FAP.

Consequência de tudo isto, foi quase que praticamente cortado o financiamento às FAP, o que exigiu a venda de grande parte dos stocks produzidos, para manter essa mesma produção e os ordenados dos soldados.
Com o passar dos meses e a falta de acção e actualização face aos novos desafios, a situação foi-se deteriorando com o abandono de vários soldados e elementos da equipa original de gestão, que levou a uma situação de "morte cerebral" das FAP na qual nos encontramos actualmente.

Face a toda esta situação, na qualidade de comandante e defensor da existência das FAP, fiz diversos contactos e estudos, junto de outras MUs, com soldados, produtores e empresários, por forma a conseguir desenhar um modelo de produção que numa fase inicial não necessitasse de apoio estatal e que ao mesmo tempo fosse sustentável para as próprias FAP.
Como é óbvio as limitações são muitas, a começar pelas fábricas que são emprestadas, aos apoios que são exigíveis para o desenvolvimento militar dos nossos soldados, passando pela competitividade em termos de oferta comparando com outras MUs.

No seguimento de toda essa análise e estudo, foi lançado para debate o tema sobre o presente e o futuro das FAP:
http://tinyurl.com/FAPqueFuturo
Onde foi apresentada a situação actual, os desafios com que nos deparamos e questionando qual o futuro das FAP.

Após ter feito o balanço de todo este processo, decidi avançar com um plano de intervenção, tendo para o efeito convidado todos aqueles que se disponibilizaram para ajudar as FAP a recuperarem o tempo e dinâmica perdidos:

Imagem

FAP - A ressurreição


Estrutura de Comando

CP -> MoD -> Comandante -> Equipa de Gestão -> Capitães -> Soldados

Regimentos organizados por divisão:

Regimento 1 - Divisão 1 Oficial
Regimento 2 - Divisão 2 Oficial
Regimento 3 - Divisão 3 Oficial
Regimento 4 - Divisão 4 Oficial
Regimento 5 - Divisão 1 Milicias
Regimento 6 - Divisão 2 Milicias
Regimento 7 - Divisão 3 Milicias
Regimento 8 - Divisão 4 Milicias

Equipa de Gestão

PretenderHT - Comandante
Bruno Barreiro
IDEIAS1
Maria da Fonte
Mr. Sousa
khaloun
eKayser - Avatares
Connor Pinho
Foxmanpt
John Bokinski

Missão:

As FAP têm como missão a defesa de ePortugal de agressões internas e externas, assim como a cooperação e apoio militar às nações aliadas.

Identificam-se como uma UM estatal de gestão privada, independente de qualquer partido ou organização, que procura o desenvolvimento dos seus membros, e o apoio e a inserção dos novatos na comunidade e no jogo.


Distribuição

D1 e D2 - 7 Q7 para quem quiser fazer a DO com comida caso seja pedido, no entanto será sempre desaconselhado lutarem para evitarem ganhos de XP desnecessários.
- Rockets em caso de necessidade e instruções do governo, fornecidas por este.

D3 e D4 - Máximo até 13 Q7 por dia, correspondente a 130FF.

Em batalhas indicadas pelo Governo como prioritárias, a distribuição será adaptada às necessidades.

Produção

Produzir apenas Q7, Q6 e WRM se possível no fabricante das armas

D1 e D2 trabalharão nas fábricas Q7
D3 e D4 trabalharão nas Rubber para produzir WRM a custo reduzido

Salários

D1 e D2 - 10 PTE (poderá ser revisto, dependendo da análise do efectivo e custo de produção)

D3 e D4 - 5 PTE (poderá ser revisto, dependendo da análise do efectivo e custo de produção)

Apoios

Criação de um banco de gold no valor de 250 gold, para apoios aos upgrades dos centros de treino.

Criação de um banco de gold para apoios aos upgrades das fábricas de rockets.

Criação de um banco de gold para apoio na aquisição de contratos de treinos, para D3 e D4.

Imagem

Criação de novos Avatares, um para cada divisão ou em conjunto para D1+D2 e D3+D4

Marketing

Para além dos relatórios de dano, promovendo a actividade e intervenção junto dos aliados, criar uma figura de “comercial”, divulgando e vendendo o nosso apoio junto de aliados e potenciais aliados, onde estes paguem as armas e nós lutemos por eles.

Imagem

Com este plano, queremos imprimir desde já uma nova dinâmica no seio das FAP, voltar a abrir as inscrições e colocar a funcionar toda a máquina, de modo a aproveitarmos todo o potencial adormecido das FAP.
Este será apenas o pontapé de saída, estarão previstas alterações e adaptações consoante as necessidades e exigências, nomeadamente, queremos uma maior inclusão e participação nas nossas actividades das Milícias.

Imagem

Caso exista alguma equipa com um plano alternativo, deverá transmitir ao comandante nas próximas 48 horas, a intenção de apresentar esse mesmo plano e equipa para posterior apresentação neste mesmo boletim e consequentes eleições de acordo com os estatutos das FAP.

No caso de não haver qualquer outra alternativa apresentada, este mesmo plano começará a ser aplicado de imediato após as 48 horas.

Imagem

Como já devem ter constatado, foi recuperada e cedida gentilmente pelo actual Governo esta ORG onde será feita a partir de agora toda a comunicação (interna e externa), assim como esta será um excelente contributo para a gestão e logística associada às FAP, facilitando alguns processos.
O meu muito obrigado ao actual Governo pela sensibilidade e disponibilidade demonstrada perante esta necessidade das FAP.

Umas FAP fortes, fazem um ePortugal forte!

P'lo Comandante das FAP:
PretenderHT
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 01 jul 2013, 17:43

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados e cidadãos de ePortugal,

No seguimento do plano apresentado anteriormente:
http://www.erepublik.com/en/article/fap ... 81810/1/20

E visto não terem sido apresentadas outras equipas ou planos alternativos, o mesmo entrará em vigor a partir de hoje.

Nos próximos dias iremos ter algumas alterações ao nível de:

Organização dos Regimentos:

Regimento 1 - Divisão 1 Oficial
Regimento 2 - Divisão 2 Oficial
Regimento 3 - Divisão 3 Oficial
Regimento 4 - Divisão 4 Oficial
Regimento 5 - Divisão 1 Milícias
Regimento 6 - Divisão 2 Milícias
Regimento 7 - Divisão 3 Milícias
Regimento 8 - Divisão 4 Milícias

Serão enviados convites a vários soldados para migração de regimento, de acordo com o esquema anterior, para que estejam devidamente posicionados.

Distribuição


Iremos ter ao longo desta semana algumas distribuições teste, para podermos aferir da actividade e adesão dos soldados, com a respectiva correspondência em termos de dano.
Será muito importante a participação de todos nestes eventos, para podermos ter uma boa noção do potencial destas iniciativas.
Será inclusivamente feito o chamamento às Milícias das FAP, para que participem, visto que teremos algumas missões onde os mesmo irão ser chamados a intervir e assim maximizarmos o dano das FAP.

Salários

Entrarão a partir de amanhã em vigor os seguintes salários:

D1 e D2 - 10 PTE
D3 e D4 - 5 PTE

Apoios

Já recebemos contactos de membros que manifestaram intenção de contribuir para a criação dos fundos previstos no plano, nesse sentido, pedimos a todos aqueles que queiram ajudar e contribuir para que se atinjam montantes razoáveis desde já, poderão entrar em contacto com o comandante PretenderHT.

Imagem

Iremos ainda esta semana lançar um concurso para a criação da nova imagem das FAP.

Inscrições

Contamos também ainda esta semana conseguir colocar funcional o sistema de inscrição, que será anunciado em tópico próprio.

Imagem

Por último, vimos fazer um pedido dirigido a todos os soldados e milícias FAP.

Para que existam distribuições/missões de combate regulares, existe um interveniente essencial, para além dos soldados...

O distribuidor!

É ele que procede à distribuição das armas para que os soldados possam combater e é ele também que de acordo com as instruções do comando, faz a gestão da intervenção em batalha, coordenando a entrada em acção das tropas.

Se tens disponibilidade, vontade de aprender mais sobre o módulo militar e pretendes ajudar as FAP a crescer e desenvolverem-se, numa actividade fascinante e emocionante, candidata-te a distribuidor oficial das FAP, enviando uma mensagem ao comandante:

http://www.erepublik.com/en/main/messag ... se/4608021

ePortugal e as FAP precisam de ti!

Imagem
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 03 jul 2013, 20:07

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados e cidadãos de ePortugal,

Eis que o Esquadrão Morcego ressurge por entre as trevas!

Imagem

A força nocturna das FAP, realizou ontem a sua primeira missão, depois de longos anos de treino no submundo militar.

Com o objectivo de ajudar os nossos aliados e amigos colombianos, reuniram-se poucos mas bons membros de elite das FAP, entre soldados oficiais e milícias.

Após terem aguardado com paciência e em modo stealth, as tropas infligiram dano cirúrgico no inimigo, o que contribuiu para uma ronda ganha com sucesso na Divisão 4.

Eis o resumo dessa missão:

Relatório de Actividade Militar das FAP

03-07-2013 - 2051

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 00:00
Batalha: eColômbia - Mid Andes - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42534

Armas distribuídas:
Imagem
41

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 11.550.345 / 4

Esperemos que esta tenha sido a primeira de muitas e que com maior divulgação, se venham a juntar muitos mais a nós nas próximas missões.
Aguardamos esta noite por ti, no local do costume, está atento ao feed das FAP!

Imagem

Abriremos também a votação para a escolha do banner do Esquadrão Morcego, no fórum:
http://tinyurl.com/qxbyqqm

Poderão responder no tópico com outras alternativas que pretendam apresentar, para dia 6 se abrir votação e então decidir pelo futuro banner do Esquadrão Morcego.

Imagem
Imagem
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 13 jul 2013, 12:10

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados e cidadãos de ePortugal,

Vimos dar mais algumas informações relativamente ao funcionamento das FAP e abrir o concurso para os novos avatares.

Após discussão/debate sobre a possibilidade de fusão das nossas forças:
viewtopic.php?f=176&t=17298

A maioria das opiniões foi no sentido de se fazer a fusão entre AMP+BLI (D1+D2) e BRR+FE (D3+D4), essencialmente pela similaridade de tratamento e distribuição que lhes é aplicado.

Deste modo passarão a existir apenas a AMP (Academia Militar Portuguesa) e a FE (Forças Especiais) e os novos avatares já serão de acordo com esta divisão.

Imagem

É também com muito prazer que volto a anunciar a abertura das inscrições nas FAP!

Corrigidos os processos produtivos, colocações e vagas, processo de inscrição e instruída a equipa de gestão, estamos novamente prontos para receber novos soldados nas FAP, com celeridade e eficácia.

Antes de se inscreverem, aconselho a leitura do Tutorial das FAP (que já se encontra actualizado):
http://tinyurl.com/TutorialFAP

Depois poderão então inscrever-se e passar a poder usufruir das distribuições e apoios, através do seguinte link:
http://tinyurl.com/fapinsc

Os avatares serão fornecidos apenas após a conclusão do concurso.

Imagem

Por último, vimos então abrir o concurso para execução dos novos avatares das FAP.

Como resenha histórica, deixo aqui alguns dos anteriores:

Imagem
Imagem
Imagem

A inclusão das cores e símbolos nacionais continua obrigatória e pretende-se que sejam distintivas no campo de batalha de forma clara.
Dá-se preferência por um sistema de moldura, para que o avatar fique mais visível ao contrário dos actuais.

Deverão ser feitos os seguintes avatares:

Oficial e geral das FAP
AMP
FE

Prémios:

1º Classificado - 50 armas Q7
2º Classificado - 20 armas Q7
3º Classificado - 10 armas Q7

As propostas deverão ser enviadas para o Comandante PretenderHT:
http://www.erepublik.com/en/main/messag ... se/4608021

Faço então o apelo aos nossos artistas nacionais que façam o seu melhor avatar de sempre e que assim deixemos a nossa marca e imagem de forma indelével por esses campos de batalha fora!

Imagem

Faço ainda novo apelo para a necessidade urgente de distribuidores, especialmente para o horário entre as 21h-00h.
Entrem em contacto com o comandante dando conta da vossa disponibilidade.

Umas FAP fortes, fazem ePortugal mais forte!


Joane O Pai
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 17 jul 2013, 11:18

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados e cidadãos de ePortugal,

Relatório de Actividade Militar das FAP

04-07-2013 - 2053

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Tarde - 17:00
Batalha: eArgentina - Mid Andes - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42569

Armas distribuídas:
Imagem
17

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 5.183.454 / 2

Imagem

04-07-2013 - 2052

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 23:30
Batalha: eColômbia - Lima - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42555

Armas distribuídas:
Imagem
28

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 6.607.695 / 2
Imagem 974.300 / 1

05-07-2013 - 2053

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 00:00
eArgentina - Mid Andes - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42569

Armas distribuídas:
Imagem
43

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 12.775.920 / 4

06-07-2013 - 2054

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 00:00
eTaiwan - Gulf of Mexico - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42587

Armas distribuídas:
Imagem
23

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 7.703.058 / 2

09-07-2013 - 2054

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 00:00
Batalha: eArgentina - Patagonia - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42660

Armas distribuídas:
Imagem
50

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 9.139.150 / 3
Imagem 976.752 / 1
Imagem 141.960 / 1

10-07-2013 - 2058

Distribuidor: PretenderHT
Turno: Madrugada - 00:00
Batalha: eArgentina - Patagonia - http://www.erepublik.com/pt/military/battlefield/42660

Armas distribuídas:
Imagem
41

Dano efectuado / Número de lutadores:

Imagem 7.010.222 / 3
Imagem 142.987 / 1

Imagem

Informamos também, tal como anunciado desde ontem no feed das FAP, que se encontram abertas as candidaturas para os Apoios aos Upgrades dos Centros de Treinos das FAP.

Nesta primeira fase só poderemos dar apoio aos soldados oficiais (os que trabalham em empresas FAP), mas no futuro pretendemos estender também às Milícias.

Candidaturas:
http://tinyurl.com/ApoiosCTFAP

Imagem

Se umas FAP mortas e fracas incomodam muita gente, umas FAP funcionais e fortes incomodam muito mais!
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 19 jul 2013, 19:14

PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 30 jul 2013, 17:00

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Caros soldados,

Para os mais distraídos, temos desde ontem disponível um apoio à aquisição dos Contratos de Treino!

Nesta fase inicial este apoio apenas está disponível para os soldados oficiais (que trabalham em empresas FAP), que tenham todos os campos de treino activos em Q3 ou Q4, ou então Sala de Musculação+Centro de Escalada+Centro das Forças Especiais em Q3 ou Q4.
Em caso de dúvida se poderão receber o apoio ou não, enviem uma mensagem ao comandante PretenderHT.

Poderão candidatar-se através do seguinte link:

Imagem
http://tinyurl.com/FAPapoioContratosTreino

Convém que façam a candidatura o quanto antes, pois quanto mais tempo passa, menor é o valor que se pode enviar.

Imagem

Sairá em breve artigo com o Relatório de Actividade Militar, que está em falta e outro dedicado às Milícias.

Imagem

Reitero novamente o apelo, para que não desperdicem dano com o objectivo de contribuir para o concurso das Unidades Militares!
Temos uma campanha que se prevê longa e desgastante contra os japoneses, como tal, todo o dano deve ser contido para que seja aplicado apenas e quando necessário.

O nosso maior dever é para com a nação!

Umas FAP responsáveis, dinâmicas e activas, fazem ePortugal mais forte!
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: Proposta de reestruturação das FAP

Mensagempor PretenderHT » 31 jul 2013, 00:46

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem


Milícias das FAP

Todos aqueles cidadãos/soldados que não queiram pertencer oficialmente ao exército, mas que queiram na mesma lutar de acordo com os interesses do país e aliados, envergando o avatar das FAP, poderão assim fazer parte da sua força pública e dar o seu contributo no campo de batalha!

Imagem

NOTA IMPORTANTE:
Obviamente que aqueles que sejam apanhados em incumprimento, como sendo a lutar contra os aliados, ser-lhes-à instaurado um processo disciplinar que poderá levar à expulsão da MU, como medida dissuasora perante esse tipo de comportamentos, pois é a imagem do país que está em causa, ao se envergar um avatar das FAP.

Procedimento para criar o avatar:

- Aceder ao seguinte site:

http://fap-avatar.99k.org/

- Inserir o código: Milicias

- Carregar a imagem que pretendem como fundo do avatar (Aqui aconselho que usem uma imagem bem centrada e reduzida, de modo a que fique bem enquadrada no circulo central, a moldura está optimizada para imagens com tamanho 500x500)

- Carregar em "Enviar"

- Carregar em "Descarregar Avatar"

- Fazer o upload da imagem guardada no "Editar perfil", no jogo.

Imagem

Desde a mudança da equipa de gestão e implementado o novo plano de acção nas FAP, que têm sido feitas algumas experiências em termos de distribuição inclusivamente para as Milícias.

É nossa intenção continuar a estimular a presença e actividade destes membros no seio das FAP.
Para tal, iremos continuar a promover actividades militares, sobre a forma de distribuição via formulário, anunciado no feed da MU, assim como algumas actividades sociais, mais destinadas ao novatos, que passarão pela atribuição de alguns prémios em forma de géneros.

Por isso estejam atentos ao feed da MU e participem nas nossas actividades!

No futuro, esperamos também conseguir abranger as nossas iniciativas de apoio às Milícias, mas tudo dependerá da ajuda que o Governo/Congresso estiver disposto a dar.

Umas FAP fortes e unidas, serão muito mais temidas!
PretenderHT
Pain in tha ass
 
Mensagens: 3819
Registado: 24 abr 2011, 03:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Próximo

Voltar para Forças Armadas Portuguesas

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante