[v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

[v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Malagueta » 21 fev 2011, 19:15

Arbus Escreveu:
Ter uma empresa não garante lucros, mas certamente dá trabalho. Normalmente a melhor forma de enriquecer não é comprar logo uma empresa q1 e começar a produzir à maluca, existem outras alternativas, como o mercado monetário, a compra e venda de empresas e de produtos entre vários países, que são mais rentáveis para quem tem pouco gold para gastar.

Uma empresa para ser lucrativa precisa de grandes investimentos, mas claro que empresa q1 no sítio certo na altura certa poder render bom dinheirinho, como em tudo no mundo dos negócios. Quer isto dizer que, antes de começar se deve planear bem, fazer as contas e estudar todas as alternativas. A dificuldade e o risco tornam gratificante ver a empresa crescer, a lógica desafio-esforço-recompensa está bem presente e é isso torna o jogo interessante.
Algo antes de começar,

- Devem estar familiarizados com este site:
eMarket


Primeiros passos

A primeira pergunta a fazer é, quero ter uma empresa para ganhar dinheiro, ou para me divertir? Se for para ganhar dinheiro existem outras alternativas, como são descritas no ponto 2, mas se a decisão de criar uma empresa já está tomada sejam quais forem os motivos então o que devo fazer?

1º Conhecer as fórmulas de produtividade. Existem várias ferramentas que calculam produtividade e do lucro, mas todos os empresários devem conhecer as fórmulas básicas que se podem ser consultadas aqui.

2º Onde investir? É preciso conhecer salários preços e impostos, fazer comparações entre diferentes sectores, qualidade do produto e diferentes países, quanto mais detalhada for a análise maiores as probabilidades de sucesso.

3º Como gerir a empresa? Calculadoras de produtividade e lucro, folhas de cálculo e alguns pequenos truques e dicas que podem valer a pena.

Posto isto, vamos ver quais são as alternativas para ganhar dinheiro além das empresas.


Como ganhar dinheiro sem ter uma empresa?

O que se pode fazer? Muita coisa, são várias hipóteses, todas elas dão trabalho e têm os seus riscos, mas se assim não fosse perdia a piada.

- Mercado Monetário

O mercado monetário é um jogo só por si, envolve apostas e risco, exige algum tempo e paciência, é uma forma de enriquecer relativamente simples, que exige algum conhecimento e um pouco de sorte.

Existe uma vasta literatura acerca deste tema, mas no fundo resume-se a comprar barato para vender caro, como sempre. Como saber quando uma moeda está barata e prestes a valorizar? Com um bocadinho de observação, intuição e sorte. O mercado monetário não é completamente aleatório, há coisas que fazem sentido e se podem antever. A conquista ou a perda de uma região, uma alteração nos impostos, iniciativas do governo, tudo isso afecta o país de uma forma que se pode prever o comportamento da moeda a curto-prazo. Tudo isto depende da observação e da experiencia, do tempo que podemos dedicar ao jogo, e em função disso cada um escolhe um conjunto de moedas para ter debaixo de olho. Aqui ficam dois links sobre o MM que escrevi há uns tempos e o faq:

Monetary Market[FAQ]
Mercado Monetário: como funciona?
Mercado Monetário: Como usar e abusar

Para esclarecer algumas dúvidas e trocar opiniões, a secção de economia no fórum é a mais indicada. O MM é relativamente simples de utilizar e qualquer minimamente atenta, mesmo com pouco dinheiro consegue lucrar alguma coisa.

- Mercado Negro

O mercado negro é uma coisa boa, no sentido em que corrige um limite do jogo. Não me parece razoável pedir 20 gold por uma licença de exportação, o custo de exportação já está implícito na tarifa que cada país decide aplicar, portanto os 20 gold são apenas uma forma que os admins arranjaram para nos fazer gastar gold. Já agora seria interessante ter licenças de importação, empresas que se dedicassem a ir buscar os produtos mais baratos em todo o mundo, mas não vale a pena esperar por isso.

É perfeitamente razoável que os jogadores do eMundo tenham encontrado uma forma de contornar uma regra pouco sensata, que prejudica principalmente países como Portugal.

O mercado negro é uma coisa muito simples, basta alguém deslocar uma org ou o próprio cidadão para um país que venda os produtos mais baratos e depois revender através de uma doação. Os salários no eBrasil são tipicamente mais altos que em ePortugal, mas isso também significa que os preços lá sejam mais caros do que cá. Qualquer pessoa que tenha uma org, pode continuar a receber os chorudos salários em brl e comprar ao preço da chuva em pte e isso é o mercado negro.
Em grande escala. alguém pode dedicar-se a deslocar a org para países com os preços mais baixos do mundo em certo sector, e revende-los a uma clientela fiel através de uma simples doação. Claro que há riscos, pode ninguém confiar na nossa honestidade, mas para isso existem os contratos, mas pode simplesmente não haver procura. Existem mesmo orgs e sites internacionais especializados nisto, mas tenho algumas reservas.

Concluindo, na maioria dos casos o mercado negro favorece o nosso país, porque ajuda as empresas a exportar sem pagar licença aos admins, nem impostos aos estrangeiros, no entanto pelos mesmos motivos também nos pode prejudicar obviamente.

Podes encontrar no IRC um canal dedicado ao BlackMarket AQUI


- Compra e venda empresas

Este é um caso muito interessante onde por vezes surgem oportunidades inacreditáveis, como pessoas a vender por 50 o que vale 100, embora na maioria das vezes se veja o contrário.
Aquilo que se investiu na empresa é diferente daquilo que a empresa vale
Supondo chego a casa visivelmente embriegado e numa madrugado decido queimar 40 gold numa empresa de hospitais q2 na polinésia francesa. Ninguém me vai comprar aquilo pelos 40 gold e devo dar-me por satisfeito se a vender por 4. As licenças de exportação são o caso típico, nunca valem os 20 gold que se gastou nelas, valem sim pelo mercado que representam. Custo de investimento e preço de mercado são coisas diferentes.
Por vezes encontram-se empresa subavaliadas, em que o dono pode estar interessado em receber o gold depressa e essas são as boas oportunidades. É possível ganhar muito dinheiro com a compra e venda de empresas, mas claro que se perde tempo há procura de um bom negócio e nós próprios podemos cometer erros de avaliação.

- Criatividade

Fora as maneiras convencionais de ganhar dinheiro, existem outras que só dependem da criatividade de cada um, como alugar casas através de um empréstimo, organizar depósitos e empréstimos (mas não sejam muito picuinhas com alíneas e sub-alineas porque isso só atrapalha e podem dar problemas). Organizar jogos de sorte também é possível, poker, lotaria, apostas variadas, tudo serve.

- Convidar amigos e inimigos

Comunity > invite friends, usem as vossas lista de emails para divulgar o jogo a pessoas que já nem se lembram que existam. Irão ganhar uma percentagem das recompensas que eles receberem e ainda se arriscam a ganhar a medalhita do society builder. È uma forma de ganhar dinheiro ajudando Portugal que recomendo vivamente. Já agora, tentem que essas pessoas não desistam, o erepublik é muito mais do que os dois cliks diários, simplesmente não obriga ninguém a passar cá a vida.


Onde investir?

Estás mesmo decidido a abrir uma empresa, agora que conheces as formulas de produtividade, e tens uma ou duas ferramentas favoritas para verificar os preços e os salários, é tempo de deitar mãos à obra.

Onde investir? Se eu soubesse não vos dizia, ia lá eu abrir a empresa primeiro e rezava para ninguém me estragar o negócio, portanto o melhor mesmo é estudar o mercado sozinho. (nem todas as pessoas são facínoras como eu mas...)

Primeira decisão, o sector da empresa: raws, manufacturing ou construction?

- No sector das raws não dependes de ninguém, basta contratar trabalhadores e começar a produzir, mas este é um sector muito competitivo e, como os preços no país produtos são sempre muito baixos, precisas de gastar mais 20 gold numa licença de exportação ou arranjar um cliente fiel e vender através de doações.

- No sector das manufacturas existem maiores possibilidades de escolha, os preços variam muito entre países e a procura também, as empresas de maior qualidade conseguem bons lucros, mas uma q1 bem gerida também é capaz. O problema é estar dependente do preço das matérias-primas, é preciso gerir o stock para não se ser obrigado a comprar à pressa mais caro.

- No sector da construção, numa abrir uma empresa de hospitais ou defense systems e nas casas é preciso estar preparado para vender aos preços mais baixos do mundo, estando dependente dos preços das matérias-primas.
Agora que já tens uma ideia, é preciso decidir o que produzir.

- Ferro/Armas – Estas vendem-se sempre e vendem-se bem, mas naturalmente a concorrência é forte. Os países produtores de ferro têm salários altíssimos, portanto ter uma empresa q3 com licença de exportação é quase obrigatório. Claro que há formas de contornar bla bla bla mas dá trabalho e é preciso ter olho. Empresas de armas é sempre a mesma coisa, estás dependente do ferro, mas é relativamente fácil falares com um produtor português e arranjares um acordo para a compra regular da matéria-prima, deves usar a secção indústria ou mercado no fórum. Armas q1, vendem-se bem, mas há muita gente a vender, logo conta com preços baixos. Armas q2, q3 e q4 são mais difíceis de vender, mas obviamente dão mais lucro, convém é ter licenças de exportação ou acordos particulares. Armas q5 são o maná dos deuses.

- Oil/Tickets – Os tickets tem uma venda sazonal, chama-se eleições. Seja para fazer take-overs, seja pela estratégia eleitoral, os tickets vendem-se mais neste período enquanto no resto do tempo é um mercado relativamente estagnado. Pode ser preciso deslocar centenas de soldados para uma região, mas muitas vezes os próprios governos fornecem os bilhetes. Seja como for, nunca na vida se deve comprar e muito menos ter uma empresa de tickets q2. Uma q3 nem no PdP. Naturalmente a venda de oil está condicionada por esta situação, com a vantagem do oil se produzir com salários relativamente baixos.

- Madeira/Casas – Só compensam casas q2 ou q5. Casas q1 são muito baratas no mercado e há sempre quem as venda ainda mais barato fora dele, por isso não compensa. Casas q3 e q4 vendem-se mais fora do mercado, porque quem tem dinheiro para as comprar normalmente poupa mais uns dias para uma q5, mas há quem as produza e dão lucro, tem é que se comprar a madeira bem baratinha e ter os preços mais baixos do mundo. Casas q5 já é possível vender com lucro praticamente garantido, o problema é arranjar trabalhadores com skills elevadas.

Finalmente, em que país abrir a empresa? Aquele que tenha os salários e as matérias-primas mais baratas, obviamente, mas as duas coisas juntas são difíceis de encontrar. Onde os salários são baixos acontece frequentemente que os trabalhadores tenham a wellness baixa também, mas é possível contornar o problema das matérias-primas caras. Onde a matéria-prima é barata, normalmente os salários são elevados, mas em compensação a wellness costuma ser mais elevada.

A decisão depende da qualidade da empresa, se eu quiser abrir uma q1 ou q2 provavelmente não preciso de produzir em grandes quantidades e trabalhadores com wellness baixa servem, mas se quiser produzir q4 e q5 talvez seja melhor dar prioridade aos trabalhadores com skills e wellness elevadas nem que tenha de pagar mais.

Ao abrir uma empresa, procurem primeiro no “companies for sale”, porque normalmente encontram-se empresas mais baratas do que estar a criar tudo de raiz. O nome da empresa e o avatar podem sempre ser alterados, logo não existe vantagem nenhuma em criar uma empresa nova quando existem outras mais baratas. Atenção também às licenças de exportação, porque se o país produtor e o destino de vender estiverem em guerra, a licença fica bloqueada.


Como gerir a empresa?

São poucas as ferramentas hoje existentes, mas ainda existem:

erepublik market I
erepublik market II

Agora têm tudo o que precisam para começar. Usem o erepublik market ou qualquer outra ferramenta para comparar os preços e salários em diferentes países, façam experiências com trabalhadores de diferentes skills e wellness e guardem uma certa margem para os imprevistos que previsivelmente vão ocorrer.

Truques e Dicas

- Já falei no mercado negro, em como se pode evitar pagar licenças e taxas de importação, no fundo é possível fugir a qualquer imposto, só que na maioria das vezes nem compensa o trabalho... de qualquer forma não vou obviamente explicar isso, já é bastante fácil de descobrir sem ninguém dizer.

- Compra e doação de raws com orgs é trivial, não convém criar/comprar empresas de raws em regiões de produtividade média ou nula, antes de comprar uma licença de exportação deve-se verificar se os países estão em guerra ou se podem vir a estar num futuro próximo, observar o mercado para perceber se há muita procura ou pouca (através no número de empresas, stocks, velocidade a que mudam os preços), guardar reservas de dinheiro e matérias-primas para qualquer eventualidade, acho que é tudo evidente.

- Devem sempre que possível estabelecer contactos, arranjar um fornecedor/cliente fixo e comprar/vender regularmente ao mesmo preço, porque os melhores negócios passam por aqui, em mercados pouco movimentados compensa mais vender barato do que ficar à espera eternamente enquanto se acumulam stocks. Da mesma forma, comprar matérias-primas é mais seguro se tiverem alguém que as garanta, procurem no fórum porque há muitos portugueses com empresas de raws, por todo o mundo e em todos os sectores.

- Recompensem os trabalhadores com maior wellness, quer com aumentos de salário, quer oferecendo directamente COMIDA. Os jogos de guerra são uma excelente oportunidade para terem os vossos trabalhadores sempre acima dos 90, enviem pm’s e tentem ajudá-los naquilo que eles precisarem, porque assim estão a fidelizar um bom trabalhador que não foge quando a empresa do lado aumenta os salários em 1 pte.

- Não façam dumping, além de ser feio é inútil, se vocês baixarem demasiado os preços os concorrentes não vão à falência, simplesmente interrompem a produção para voltar a vender assim que o vosso dinheiro se acabe. Oferecer salários que não podem pagar também não resulta, em vez disso tentem empregar trabalhadores de skills mais baixas e tenham algum dinheiro de parte porque os primeiros dias são os mais difíceis.

- A vida hoje em dia está tão facilitada que até chateia, existem gráficos e dados sobre tudo e mais alguma coisa, portanto usem-nos bem e estejam atentos porque a concorrência também está.
Uma forma fácil de reunir dinheiro para abrir uma boa empresa (qualidade elevada com licenças e reservas) é com amigos.

- Bastam 4 ou 5 pessoas que poupem bem o gold das suas medalhas e conseguem reunir o suficiente para um bom projecto. Além disso o erepublik é um jogo social, se tiverem um objectivo bem definido como o de criar e gerir um império empresarial, tudo se torna mais interessante. Se não têm amigos, podem encontrá-los no erepublik, criem parcerias, escrevam um contrato e está feito. Se quiserem fazer tudo sozinhos, podem sempre recorrer a um empréstimo, mais uma vez perguntem no fórum português, peçam ajuda para escrever o contrato.


Conclusão

Antes de começar é preciso explorar bem todas as alternativas, as hipóteses com e sem empresas, os vários sectores e países, os contactos que se podem realizar, fazer algumas experiências nas folhas de cálculo, comparar os diferentes preços, salários, moedas, há gráficos disto tudo é só usar.

Qualquer dúvida perguntem, ouçam as várias opiniões, não tenham muita pressa, preparem-se e boa sorte ;)


Devido a este post ser tão completo, realizei nele umas pequenas alterações (em italico), apaguei as partes que se tinham tornado obsoletas e actualizei os links para as ferramentas que entretanto deixaram de funcionar.
Imagem

"Do your work with your heart's blood, but no need to let it show"

Imagem
Avatar do Utilizador
Malagueta
Napoleon
 
Mensagens: 808
Registado: 21 Oct 2009, 21:54
Highscores: 0

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Jules deMalt » 22 fev 2011, 13:44

obrigado xuxu :kissass:
Imagem
Avatar do Utilizador
Jules deMalt
Pain in tha ass
 
Mensagens: 2302
Registado: 31 ago 2008, 04:16
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor NunoBaton » 22 fev 2011, 14:17

Bom trabalho. A divulgar.
Imagem
Avatar do Utilizador
NunoBaton
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1286
Registado: 22 jan 2010, 22:26
Localização: Lisboa, mas a pensar em Viseu
Highscores: 5
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Passos Coelho » 22 fev 2011, 19:07

Muito bom trabalho!

Obrigado Malagueta!
Passos Coelho
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1488
Registado: 05 mai 2010, 15:01
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Yoradorc » 22 fev 2011, 19:21

Nice shit.
Imagem
Yoradorc
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1256
Registado: 17 fev 2010, 00:32
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor TwentyEyes » 22 fev 2011, 19:23

Epá é que este Malagueta é o cúmulo da sensualidade! :god:
TwentyEyes
Alexander the Great
 
Mensagens: 188
Registado: 14 nov 2009, 01:13
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor NetForum » 23 fev 2011, 17:41

nice
Imagem
NetForum
Lana
 
Mensagens: 99
Registado: 11 dez 2010, 01:10
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Psychosis » 26 fev 2011, 17:28

Molto bene! :beer:
Imagem
Avatar do Utilizador
Psychosis
Napoleon
 
Mensagens: 925
Registado: 17 ago 2008, 21:18
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor MagicTitans » 18 fev 2014, 14:35

Excelente
The Titan

Imagem
MagicTitans
Emma
 
Mensagens: 33
Registado: 18 fev 2014, 13:57
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Absinthium » 18 fev 2014, 23:13

MagicTitans Escreveu:Excelente


é impressão minha ou o manual está a modos que desactualizado? :joint:
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Absinthium
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1271
Registado: 29 jan 2012, 18:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Thydan » 18 fev 2014, 23:18

Rui Forte Escreveu:
MagicTitans Escreveu:Excelente


é impressão minha ou o manual está a modos que desactualizado? :joint:


- Madeira/Casas – Só compensam casas q2 ou q5. Casas q1 são muito baratas no mercado e há sempre quem as venda ainda mais barato fora dele, por isso não compensa. Casas q3 e q4 vendem-se mais fora do mercado, porque quem tem dinheiro para as comprar normalmente poupa mais uns dias para uma q5, mas há quem as produza e dão lucro, tem é que se comprar a madeira bem baratinha e ter os preços mais baixos do mundo. Casas q5 já é possível vender com lucro praticamente garantido, o problema é arranjar trabalhadores com skills elevadas.


É impressão tua :D
Imagem
Avatar do Utilizador
Thydan
Napoleon
 
Mensagens: 692
Registado: 11 nov 2013, 22:45
Highscores: 0
Profile @ eRepublik

Re: [v3]O Manual do Empresário segundo Arbus

Mensagempor Absinthium » 18 fev 2014, 23:21

Thydan Escreveu:
Rui Forte Escreveu:
MagicTitans Escreveu:Excelente


é impressão minha ou o manual está a modos que desactualizado? :joint:


- Madeira/Casas – Só compensam casas q2 ou q5. Casas q1 são muito baratas no mercado e há sempre quem as venda ainda mais barato fora dele, por isso não compensa. Casas q3 e q4 vendem-se mais fora do mercado, porque quem tem dinheiro para as comprar normalmente poupa mais uns dias para uma q5, mas há quem as produza e dão lucro, tem é que se comprar a madeira bem baratinha e ter os preços mais baixos do mundo. Casas q5 já é possível vender com lucro praticamente garantido, o problema é arranjar trabalhadores com skills elevadas.


É impressão tua :D


Porra e eu que ia montar agora uma sucursal do IKEA. :cry:
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Absinthium
Plato Wanna be
 
Mensagens: 1271
Registado: 29 jan 2012, 18:23
Highscores: 0
Profile @ eRepublik


Voltar para Sala de Aula

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante